Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Silencios estridentes

Domingo, 09.09.07

             São momentos de silencio em que não se calam as vozes que falam o teu nome... Momentos em que apesar de nada se dizer muito se grita interiormente. Falasse outras coisas, conversas e dialogos, mas não... Apenas um nome, o teu nome... Como se uma melodia que nos embala e nos acompanha para todo o lado. Um leve sussurro que me  acaricia todo o dia.

    

            Mesmo em silencio me acompanhas para todo o lado, e no fundo apenas gostaria de saber se posso abraçar teu coração todas as noites. Se posso eu me deixar embalar por teu nome enquanto meus braços seguram a vontade de poder te ter neles.

    

            Mas sei que nada falo, que nada faço para exprimir essa vontade... Não faço nada para te mostrar o quanto são estridentes os momentos em que o silencio me acompanha em todo o lado, que mesmo na solidão de percorrer uma multidão o teu nome, a tua presença, o teu sorriso me acompanha. Mas não sei te dizer o quanto estridentes são estes silencios. Sinto que para ti esses silenios ficaram mudos e que já nada lhes queres dizer. Assim como os recados que tanto anseio que quebrem o silencio que me acompanha.

     

... De tutto il sogno...

  

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Ogle às 00:23




mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Setembro 2007

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30





comentários recentes

  • gala

    :)voltaste

  • caixapreta

    Eu também não fui embora, ando por ai, mas em vez ...

  • caixapreta

    As flores são uma dica para procurar um novo blog?

  • Filipa Guardado

    .... a relacionar o inrelacionavel :P ..... xxx Mt...

  • Gala

    eu venho, e venho e volto a vir mas não há textos ...

  • Guh

    Olha lá, mas tu mudaste de domínios ou andas só mu...

  • caixapreta

    Feliz Natal

  • Guh

    Eu acho, sinceramente, que tu tás todo queimadinho...

  • caixapreta

    Cheiros e sabores...por vezes é preciso até disfar...

  • Ogle

    Os recados são sempre bem vindos... Mas o que teim...