Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Para mim...

Quarta-feira, 22.05.13

É mais fácil que num pássaro encontrar penas,

é encontrar pessoas com mentalidades pequenas.

Houve coisas que nunca quis mas fiz,

mas nunca me viram muito tempo a frequentar com wannabee's.

Nunca consegui fazer pela metade aquilo que me deixa feliz.

Acredito que não se deve fazer nada sem real esforço e dedicação,

por isso não vale a pena se mexerem pouco e dizer que é de coração.

Se há coisa que aprendi desde tenra idade,

o meu coração não faz nada pela metade.

Ou é ou não é, não se coloca o talvez,

cansado de lhe darem hipótese se alguém lhe der vez.

 

Estou farto deste novo egoísmo,

que se acha dentro de um falso altruísmo.

Condescendência pelo doentinho,

mas com nojo pelos que sofrem de botulismo.

Cada vez que lhes tremem os pés julgam que o mundo sofreu um sismo.

Falam de integração com um discurso impregnado de racismo.

 

Seja numa direcção positiva ou negativa,

são ambos exemplo de coisa que não se quer viva.

Mas depois cheios de valores vão ajudar "os pobrezinhos".

Usando sempre diminutivos pois eles são "os coitadinhos".

Pois para mim isto é completamente intragável,

este comisionarismo questionável,

pois mesmo que façam algum bem na sua génese é detestável.

Toda a sua qualquer pouca acção é memorável,

já que nunca souberam o que é trabalhar de forma sustentável.

 

Nunca suaram para passar fome em vez de morrer dela,

estudiosos que nunca questionaram de onde vem a comida na panela.

Sempre se deram ao desperdício depois de mordido...

Acham normal que eu não fique fodido?!

Quando vejo que nesta direcção este mundo está perdido.

 

Consomem até os valores, batem-se de doutores e falam dos seus amores como se fossem adquiridos numa loja.

Mas sou eu que tenho que pedir desculpa por ver este horrores que a mim tanto me enoja.

Por achar que mesmo em extremos opostos são frutos da mesma corja.

Porque hoje o ódio é o único sentimento que ainda não se forja.

 

Estou cansado de humanitários condescendentes,

que usam os diminutivos enquanto mostram os dentes.

Façam pose para mais uma fotografia.

Enquanto é a vossa opinião do que é a vida para mim foi mais um dia.

 

Estou cansado da conversa dos demais,

que acham que olhar para as pessoas é deixar de nos ver como animais.

Será sempre esta a nossa natureza, mesmo que sejamos ditos racionais.

Falam como se tivessem a dar milho aos pardais.

Gostam de usar palavras como tolerância ou inclusão.

Mas enquanto dão com uma retiram com a outra mão.

Têm os políticos como exemplo da sua reputação,

porque afinal ser normal é ser filha da puta e cabrão.

Mas se o aspecto já não lhe agrada que se foda a inclusão.

Produtos de toda a publicidade será mesmo esta futura geração?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Ogle às 11:52




mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Maio 2013

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031





comentários recentes

  • gala

    :)voltaste

  • caixapreta

    Eu também não fui embora, ando por ai, mas em vez ...

  • caixapreta

    As flores são uma dica para procurar um novo blog?

  • Filipa Guardado

    .... a relacionar o inrelacionavel :P ..... xxx Mt...

  • Gala

    eu venho, e venho e volto a vir mas não há textos ...

  • Guh

    Olha lá, mas tu mudaste de domínios ou andas só mu...

  • caixapreta

    Feliz Natal

  • Guh

    Eu acho, sinceramente, que tu tás todo queimadinho...

  • caixapreta

    Cheiros e sabores...por vezes é preciso até disfar...

  • Ogle

    Os recados são sempre bem vindos... Mas o que teim...




subscrever feeds