Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



A arrogância e hipocrisia da ignorância.

Domingo, 26.03.06
A ignorância recusa tudo aquilo que não compreende sendo arrogante ao pensar que estará correcta, cometendo a hipocrisia de se colocar num expoente máximo de sabedoria, sendo ela própria a ignorância. Defende-se dela própria rodeando-se das ilusões da estupidez e da mediocridade. A presunção é então a de que é correcto renegar saber mais, pois já se sabe tudo, não tendo nada. Coloca-se no seu pedestal colocando tudo o resto que anseie num plano quase místico em que a sua recusa é algum estereótipo medíocre, redutor da sua essência única e inimitável. Com a simplicidade coloca-se contra a ignorância instalada. Não existe nada a provar a algo que nunca compreenderá uma realidade maior. A ignorância tentará sempre reduzir a complexidade da simplicidade a algo, fruto de uma cultura mosaico retirando ao senso comum, cheio de estereótipos errados e em nada evolutivos.
Será uma batalha perdida lutar contra aquilo que por si só já se condena à extinção. A direcção será contra a corrente instaurada, mas como uma pedra é inútil para alterar o curso de um grande rio também será inútil colocarmo-nos como uma pedra na enchente da ignorância. Colocarmos à margem, com outros tornarmo-nos sedimentos responsáveis pela alteração da enxurrada de baboseiras próprias da ignorância. Tal como o rio condenado à seca, que perde a força com o depositar de sedimentos no nas margens e no seu leito, também a ignorância secará pois se coloca à sua extinção.
Devemos deixar morrer por si só aquilo que se extingue sozinho. Bastará a uma chama consumir o ar à sua volta para que ela asfixie sozinha e perca o combustível da sua força.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Ogle às 23:16


1 comentário

De gala a 29.03.2006 às 18:35

«Devemos deixar morrer por si só aquilo que se extingue sozinho.» Fantástica esta frase, exactamente como me sinto agora em relação a algo. Clic fez-se luz. há caminhos ke nos levam a ilusões premeditadas, queremo-nos voluntariamente ignorantes para ke tenhamos a desculpa da estupidez? do não sei, não vi e não kero saber?! Estranho mundo este em ke vivemos onde a arrogancia é o disfarce ostensivo para a ignorancia!

Comentar post





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Março 2006

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031





comentários recentes

  • gala

    :)voltaste

  • caixapreta

    Eu também não fui embora, ando por ai, mas em vez ...

  • caixapreta

    As flores são uma dica para procurar um novo blog?

  • Filipa Guardado

    .... a relacionar o inrelacionavel :P ..... xxx Mt...

  • Gala

    eu venho, e venho e volto a vir mas não há textos ...

  • Guh

    Olha lá, mas tu mudaste de domínios ou andas só mu...

  • caixapreta

    Feliz Natal

  • Guh

    Eu acho, sinceramente, que tu tás todo queimadinho...

  • caixapreta

    Cheiros e sabores...por vezes é preciso até disfar...

  • Ogle

    Os recados são sempre bem vindos... Mas o que teim...