Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



...

Quarta-feira, 10.11.04
Mas todos nós perdemos a nossa humanidade. Todos nós somos movidos pela força, que dizemos ser básica, da sobrevivência. Cometemos os actos mais inconscientes em seu nome. E quais serão as nossas necessidades básicas? Repostando-nos á realidade primeira podemos dizer que o impulso criador será uma. Mas nesse percurso há algo que falta. Claro que faltarão as fisiológicas mas não serão essas as importantes, uma vez que é aceite por todos que o bem estar físico deveria ser uma garantia para todos uma vez que existe possibilidades para isso, mas isso agora não será discussão.
Há uma busca paralela que não compreendemos mas sentimos. Não têm lógica mas têm razão, necessidades de especialidade. Razão do que é, a lógica do que foi e poderá vir a ser. Porque no nosso ego de querermos ser especiais há algo que nos torna especiais, não tem lógica mas uma razão enorme. A humanidade, vontade de criação, torna-nos especiais, mas isso não basta. Não é nós sermos especiais, isso será a criação á nossa volta, do mundo que fingimos ser, uma ínfima pare do que nós somos. Força criadora que sente necessidade de se sentir especial. Na criação e nas criações que daí advêm.
Como o fazer? Com talvez aquilo que temos e pedimos constantemente, o que nos faz sentir especiais. Para além da criação, o amor á criação. Aquilo que se prega tanto ser a verdade da Humanidade.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Ogle às 00:57




mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Novembro 2004

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930





comentários recentes

  • gala

    :)voltaste

  • caixapreta

    Eu também não fui embora, ando por ai, mas em vez ...

  • caixapreta

    As flores são uma dica para procurar um novo blog?

  • Filipa Guardado

    .... a relacionar o inrelacionavel :P ..... xxx Mt...

  • Gala

    eu venho, e venho e volto a vir mas não há textos ...

  • Guh

    Olha lá, mas tu mudaste de domínios ou andas só mu...

  • caixapreta

    Feliz Natal

  • Guh

    Eu acho, sinceramente, que tu tás todo queimadinho...

  • caixapreta

    Cheiros e sabores...por vezes é preciso até disfar...

  • Ogle

    Os recados são sempre bem vindos... Mas o que teim...