Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



...

Quarta-feira, 24.11.04
E em tempos anteriores se pensavam novas coisas que do tempo se tornam velhas e gastas.. Sempre queremos e primamos pela novidade, por isso queremos sempre mais. Criar sempre e cada vez mais. Criação compulsiva- o tempo foge e em contra relógio tenho que deixar o maior legado possível. Criação estoica- a criação chegará na altura que deve chegar, não antes nem depois, ela virá na altura certa. Criação histólita- a criação é uma curte e o que se quer é curtir.
A posse de algo é tudo pois sempre é algo mais que nada... A soma quantifica a totalidade até ao momento para contabilização pressuposta do que virá depois... E por vezes isso não chega para nós... Tudo ou nada.
Devaneios de loucura na criação compulsiva, expressando um vómito de palavras demasiado reais para que sejam entendidas da mesma forma que são expressas. Qual será o sentimento por detrás delas.Somente vendo as mesmas imagens que são comportadas simbólicamente pelo discurso da linguagem convecionada num código para a comunicação de uma raiva expressa de modo a ficarmos sem fólego para que não se expluda.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Ogle às 23:21





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Novembro 2004

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930





comentários recentes

  • gala

    :)voltaste

  • caixapreta

    Eu também não fui embora, ando por ai, mas em vez ...

  • caixapreta

    As flores são uma dica para procurar um novo blog?

  • Filipa Guardado

    .... a relacionar o inrelacionavel :P ..... xxx Mt...

  • Gala

    eu venho, e venho e volto a vir mas não há textos ...

  • Guh

    Olha lá, mas tu mudaste de domínios ou andas só mu...

  • caixapreta

    Feliz Natal

  • Guh

    Eu acho, sinceramente, que tu tás todo queimadinho...

  • caixapreta

    Cheiros e sabores...por vezes é preciso até disfar...

  • Ogle

    Os recados são sempre bem vindos... Mas o que teim...