Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Carpe diem, Carpe diem, façam felicidade!

Quinta-feira, 27.01.05
O hipotético do desconhecido. Procurasse nas margens do rio sem foz a solução para o problema que não se resolve. O que se procura? O infindável, inalcançável, desconhecido de tudo o que nos é e diz respeito. A insalubridade do ar que não respiramos, o que faz aqui?! Não se sabe mais o que se procura mas que se haverá de chegar á conclusão. Sonho que se perdeu de nós um dia e que nunca mais voltou. Sentada ao nosso lado está a morte, não para nos fazer companhia mas à espera do dia em que nos acompanhará à morada final.
Criança que brinca com inocência, tenho pena de já não ser assim. Sempre uma criança poderemos ser mas a inocência perdida nunca mais volta. Foge, parte sem dizer nada deixando-nos desamparados no mundo das crueldades, na sobriedade dos pensamentos que nunca ocorrem. A embriaguez da noite deixa-nos de rastos. Perdemo-nos numa vida simples e monótona mas é a vida, o que podemos nós fazer?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Ogle às 00:42





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Janeiro 2005

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031





comentários recentes

  • gala

    :)voltaste

  • caixapreta

    Eu também não fui embora, ando por ai, mas em vez ...

  • caixapreta

    As flores são uma dica para procurar um novo blog?

  • Filipa Guardado

    .... a relacionar o inrelacionavel :P ..... xxx Mt...

  • Gala

    eu venho, e venho e volto a vir mas não há textos ...

  • Guh

    Olha lá, mas tu mudaste de domínios ou andas só mu...

  • caixapreta

    Feliz Natal

  • Guh

    Eu acho, sinceramente, que tu tás todo queimadinho...

  • caixapreta

    Cheiros e sabores...por vezes é preciso até disfar...

  • Ogle

    Os recados são sempre bem vindos... Mas o que teim...