Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Faz de conta que eras a escolhida...

Quarta-feira, 13.03.13

Faz de conta que te amei,

que partilhámos todos os nossos medos.

Faz de conta que eu até nem sei,

que para contar amantes já não chegam os dedos.

 

Faz de conta que eu não ligava

a todos os desejos que escondias.

Faz de conta que eu não interpretava

o teu encanto com as putarias.

 

Finges ser pura e casta,

sempre com planos moralistas,

mas és atraída pela vasta

experiência de boémia dos artistas.

 

Faz de conta que eu não sei

todos os segredos que escondias,

o teu desejo de querer o que eu passei,

mas que com vergonha nunca me o dizias.

 

Contudo dizias sempre ser sincera,

sem nunca revelar o que és,

querias viver uma quimera

sem nunca mexer os pés.

 

Vives uma fantasia solitária

confortável no teu pequeno recanto,

nunca pensei que fosses celibatária,

mas tanta coisa escondida perdes o encanto.

 

Querias inspirar grandes épicos,

mas não tens uma essência destilada.

Se a viagem da alma fosse em valores métricos;

A tua viagem acabava em menos de nada.

 

Vives permanentemente insatisfeita,

rodeado de objectos e vivências.

A vida nunca é perfeita,

pois é normal ter que fazer cedências.

 

Nunca percebi esse pensamento

de que tudo gira á tua roda,

quando existes por um momento

tão curto como qualquer moda.

 

Mas faz de conta que sou eu o burro,

faz de conta que a culpa é sempre minha.

Afinal eu sou muito casmurro

prefiro tratar da minha vidinha

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Ogle às 17:37








comentários recentes

  • gala

    :)voltaste

  • caixapreta

    Eu também não fui embora, ando por ai, mas em vez ...

  • caixapreta

    As flores são uma dica para procurar um novo blog?

  • Filipa Guardado

    .... a relacionar o inrelacionavel :P ..... xxx Mt...

  • Gala

    eu venho, e venho e volto a vir mas não há textos ...

  • Guh

    Olha lá, mas tu mudaste de domínios ou andas só mu...

  • caixapreta

    Feliz Natal

  • Guh

    Eu acho, sinceramente, que tu tás todo queimadinho...

  • caixapreta

    Cheiros e sabores...por vezes é preciso até disfar...

  • Ogle

    Os recados são sempre bem vindos... Mas o que teim...