Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Ausencias

Quarta-feira, 02.05.07
    Certas dormências de tempo em que não sabemos o que fazer, tempos em que os julgamentos feitos em nós apenas atrasam percepções de coisas inevitáveis. Rumos que são impostos pelo descontentamento da oportunidade mais do que a vontade. Então prosseguimos com todos a dizerem e a perguntarem por sonhos que não temos oportunidade de concretizar , pois temos sempre outras coisas que nos drenam da vida que queríamos prosseguir. Apenas sabemos que seria bom que assim pudesse ser.
    Por vezes temos a oportunidade de provar um pouco daquilo que gostaríamos que fosse, então cheios de fôlego dedicamo-nos a essa vida com toda a garra tentando construir um pouco desse sonho. Nada nos faz desistir e lutamos na criação de algo que possa nos dar essa oportunidade. Desiludimo-nos pois apenas temos a vontade, ouvimos pelo caminho para não desistirmos e criarmos as oportunidades.
    Ausentamo-nos de nós de novo na imposição do rumo que não queremos seguir mas impõe-se a oportunidade. Assim seguimos na dormência do tempo que revivemos em memórias do pouco que provamos de bom. Para a eterna repetição do sonho, uma ausência da realidade.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Ogle às 23:54


3 comentários

De Rafa a 05.05.2007 às 19:30

O sono em que vivemos todos, é um sono muito leve.
Se abrires bem os olhos vais ver uma realidade que sempre esteve a tua frente.
A realidade das palavras que não são ditas, a realidade que não precisa que pensemos sobre ela para sabermos que existe.
Se calhar não há aspiração mais alta do que esta de ver o real em tudo o que nos rodeia.
Mas o que é que eu sei
eu só sei divagar
=)

De Inês Garrett a 25.06.2007 às 15:46

Identifiquei-me com este texto. Fez-me pensar que é mesmo assim que acontece, tal como está descrito. Não sei o que dizer, só quero guardar este texto para mim, se for possivel. :)

De Rapazote a 27.07.2007 às 18:33

Tenho sangue novo que me corre pelas veias. Sangue Adegas de Mirandela 1989 D.O.C .
Sou novo bem sei, mas o segredo é a força e a persistência cada dia para mudar e que o seguinte seja melhor. Quando as dormências do tempo se fizerem sentir... mete sangue novo!
Um grande abraço!

Comentar post





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Maio 2007

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031





comentários recentes

  • gala

    :)voltaste

  • caixapreta

    Eu também não fui embora, ando por ai, mas em vez ...

  • caixapreta

    As flores são uma dica para procurar um novo blog?

  • Filipa Guardado

    .... a relacionar o inrelacionavel :P ..... xxx Mt...

  • Gala

    eu venho, e venho e volto a vir mas não há textos ...

  • Guh

    Olha lá, mas tu mudaste de domínios ou andas só mu...

  • caixapreta

    Feliz Natal

  • Guh

    Eu acho, sinceramente, que tu tás todo queimadinho...

  • caixapreta

    Cheiros e sabores...por vezes é preciso até disfar...

  • Ogle

    Os recados são sempre bem vindos... Mas o que teim...